Pages Menu
TwitterFacebook
Categories Menu

Postado por em 6 jan 2014 | 0 comentário(s)

Dinheiro na gaveta

Dinheiro na gaveta

Boa administração dos recursos financeiros requer medidas simples que valem muito

Não existe uma receita pronta para manter a situação financeira das revendas sempre saudável. São muitas as variáveis que devem ser levadas em conta. Há sim pontos importantes que podem auxiliar as revendas a manter uma situação financeira equilibrada e permitir um crescimento real:

1) Se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar a que chegar serve… Evite armadilhas de acreditar que os negócios estão indo bem sem você fazer um acompanhamento real. Defina um plano de negócio para o ano todo. Mapeie todas as despesas que sua revenda tem por mês. Inclua também o pró-labore (seu e dos seus sócios, se existirem).

Projete qual deverá ser o faturamento das vendas e prestação dos serviços e margem para que sua empresa tenha condições de cobrir todas as despesas do seu negócio e ainda sobrar um lucro líquido para que seja reinvestido na própria empresa e assim alavancar o seu crescimento. Faça acompanhamento mensal das metas e organize reuniões mensais com seu sócio/parceiro.

2) Entenda e gerencie o seu fluxo de caixa. É muito comum as empresas terem um volume de vendas significativo e estarem no vermelho, sem dinheiro em caixa, inclusive para pagar os seus fornecedores. Porém, você já parou para analisar se o prazo que você está oferecendo ao seu cliente é maior que o prazo que você para pagar suas despesas e seus fornecedores?

O ideal é que sua revenda tenha um giro de vendas e recebimento rápido que possibilite pagar seus funcionários, fornecedores, aluguel, empréstimo e demais despesas. Uma boa dica é incluir os juros sobre o prazo de recebimento na margem de suas vendas. Desta forma você terá condições de oferecer desconto para seus clientes para que estes paguem à vista ou em um prazo menor possível. Leve em conta no seu fluxo de caixa a sazonalidade das vendas.

3) Avalie os riscos do seu negócio e procure minimizar riscos de perdas. Para o sucesso de um negócio todos precisamos dar um primeiro passo e correr riscos. Os riscos devem ser calculados e minimizados da melhor forma possível para que haja a continuidade do crescimento da empresa. A melhor forma de alavancar as vendas com o menor risco de perdas é através de capital de terceiros. Como cartões de crédito, cheques pré-datados ou boletos. Em caso de inadimplência, quanto mais rápido você agir, maiores serão as chances de êxito no recebimento. Não fique envergonhado em cobrar seu cliente. É o seu direito de receber e é o dever dele de pagar.

Também, sempre mantenha uma linha de crédito pré-aprovada com o seu banco, evitando assim, cair no cheque especial e pagar juros mais altos

4) Seja reconhecido no mercado pelo seu diferencial. Evite concorrência através de margens baixas. Procure ser reconhecido pelo leque de produtos oferecidos e pela qualidade dos seus serviços e atendimento. Peça ajuda de consultorias, como a do Sebrae.

5) Mantenha um estoque adequado ao seu giro. As revendas que possuem estoque disponível têm um diferencial no mercado, pois possibilita a pronta entrega. Entretanto, manter um estoque alto não reflete necessariamente alavancagem de vendas. Pelo contrário, pode fazer com que as contas a pagar para o seu fornecedor vençam antes mesmo que a mercadoria tenha sido comercializada.
Otimize seu fluxo de caixa aproveitando a disponibilidade de produtos do seu fornecedor e rapidez na entrega. Mantenha o mínimo de estoque e compre de acordo com a demanda. A ScanSource CDC Brasil possui vasto portfólio e disponibilidade de produtos de giro e, dependendo de sua localização, a entrega pode ocorrer em até 24 horas.

 

Celso Ietka
Finanças & Controladoria | ScanSource CDC Brasil

 

Fonte: Guia Prático de Soluções 2013/14

Escrever uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE