Fatores Importantes Para A Utilização De Computadores Móveis Robustos em Armazém

 

Ao analisar a adoção de computadores móveis robustos para armazém, há vários fatores que devem ser levados em consideração. Primeiro de tudo, antes de criar uma lista de prioridades sobre as características ou tecnologia, é importante avaliar os critérios de escolha e avaliação. Estes critérios vão além da simples análise sobre quais são os processos mais rápidos, o sistema de arquitetura mais atualizado e as opções de sistemas operacionais. Trata-se da análise do fator que será determinante para o sucesso da empresa e do armazém. Manter este critério de forma simples, pode ser a chave para a avaliação da tecnologia e assegurar que sua escolha se encaixe dentro das necessidades da empresa. Seguem abaixo três fatores a ser analisados quando avaliar o uso de coletores de dados robustos para armazém.

 

1. A facilidade de manuseio e uso do coletor é prioritária. Nada é pior em um processo de implementação que requeira agilidade do que um dispositivo o qual o operador não se sinta confortável. Uma interface que não seja intuitiva, um design com uma distribuição ruim do peso, uma bateria que não possui alta duração, teclas difíceis de encontrar e entender, entre outras dificuldades. O segredo é entender o dia a dia das pessoas que utilizarão o dispositivo, se realmente os utilizarão ou irão danificá-los. Todas as boas avaliações de armazém devem incluir um período de teste realizado com várias unidades e por vários usuários.

 

2. A comunicação deve ser segura e confiável. Os trabalhadores de armazéns estão em edifícios com baixa conectividade e que não foram construídos necessariamente para possuírem uma comunicação sem fio de fácil acesso, ainda que uma comunicação de fácil acesso e consistente seja crítica. O argumento pode ser baseado no fato de que a implementação é responsável por assegurar segurança e honestidade. No entanto, o design do dispositivo de hardware também deve ser avaliado. O importante é entender que é necessário proporcionar ao usuário a confiança de que, independentemente de onde eles estejam no armazém, tenham um dispositivo que se comunique de forma consistente. Além disso, a empresa deve estar protegida contra a exposição de seus dados e da rede.

 

3. Proposta. Armazéns são ambientes que possuem seu próprio conjunto de peculiaridades. Nada melhor do que um dispositivo construído especialmente para enfrentar estes desafios atendendo as necessidades do armazém. Robustez e confiabilidade são qualidades essenciais, mas os dispositivos precisam ser capazes de manter o operador trabalhando com máxima eficiência. Os teclados e botões de digitalização devem ser intuitivos e fáceis de usar. As opções de captura de dados precisam ser adequadas ao ambiente, para aplicações de leitura de códigos a longa distância, leitura de mercadorias em paletes ou a leitura de vários códigos em uma única varredura. A capacidade de conectar sistemas de voz em operação de mãos livres deve ser considerada também. Há computadores móveis construídos para cada finalidade, porém o que foi desenvolvido e que atende a necessidade do cliente, será provavelmente o melhor.

 

Para visualizar o portfólio completo de computadores móveis robustos para armazém, por favor acesse o site da Datalogic. Há opções desde coletores que cabem no bolso até dispositivos de mão com teclado alfanumérico, PDAs industriais, terminais com gatilho e coletores veiculares. Os produtos compõem também soluções de softwares de desenvolvimento que garantem aos parceiros e clientes finais, o nível mais alto de compatibilidade e abertura aos padrões da indústria.

 

 

 

Fonte: Datalogic News da semana

Deixe uma resposta