‘Automatizar é o caminho para a otimização’

 

Para Marcelo Hirsch, da Scansource, crise também é oportunidade para canais e fabricantes ajudarem setor varejista a reduzir custos e aumentar margens.

 

Alguns setores econômicos parecem naturalmente mais vulneráveis aos momentos econômicos ruins. Sem dúvida o varejo é um deles, considerando que é ele quem primeiro sente a redução do poder de compra dos consumidores.

Para Marcelo Hirsch, vice-presidente de vendas da Scansource para a América Latina, parte da estratégia para vencer o momento difícil é investir em tecnologias de automação, capazes de fornecer melhores experiências aos clientes e, claro, reduzir e otimizar custos. O executivo da distribuidora falou com exclusividade ao Portal do Canal sobre a estratégia de fabricantes e canais diante da atual conjuntura.

 

Portal do Canal: A crise brasileira tem preocupado muito os varejistas. Nesse cenário, como convencê-los a investir em automação?
Marcelo Hirsch: Todos nós sabemos que as empresas brasileiras estão enfrentando uma série de desafios econômicos e o varejo tem sido um dos setores mais afetados. Com a queda nas vendas, a falta de confiança na economia e o aumento de uma perspectiva negativa, as empresas estão recrutando menos e reduzindo os investimentos. No entanto, em tempos de dificuldade, aqueles com visão podem elevar os negócios a um novo nível e colher os benefícios. As empresas só podem melhorar seus resultados se fizerem mais gastando menos, e a melhor maneira de se chegar a isso é implementar novas soluções para automatizar o negócio. Ao trabalhar com tecnologias capazes de delinear soluções que melhoram o processo e a eficiência, os varejistas podem aumentar a produtividade e aumentar o foco nas vendas e no serviço ao consumidor.

 

PdC: Como os revendedores da Scansource, principalmente aqueles que trabalham com o setor de varejo, estão encarando a crise?
Hirsch: Os revendedores da Scansource estão comprometidos em ajudar seus clientes a entender os atuais desafios e em recomendar as melhores soluções para ajudá-los a descobrir novas oportunidades. Ao compreender o mercado e comunicar eficazmente como soluções de ponto-de-venda, código de barras e mobilidade podem melhorar os processos, produtividade e eficiência, os revendedores podem ajudar os usuários finais a elaborar um plano para melhorar seus negócios. Entender bem o mercado para o qual ser quer vender é a estratégia mais eficaz para convencer os usuários. Se torne um especialista em mercados verticais, entenda exatamente quais são as necessidades das empresas e quais são as melhores soluções para cada uma delas. O revendedor que fizer isto vai perceber que, apesar da crise, existe uma demanda por soluções em códigos de barras entre os pequenos e médios varejistas, que buscam melhorar a produtividade. As oportunidades para novos negócios estão em todos os lugares, do balcão da frente aos fundos da loja: são impressoras fiscais, soluções móveis, automação da força de vendas, entrega e distribuição. Também há muitas oportunidades para Pontos de Vendas (POS), cujos sistemas estão migrando para a Nuvem. As empresas estão desenvolvendo soluções em POS para a emissão de faturas eletrônicas para pequenos e médios varejistas, que são obrigados por lei a ter impressoras ficais.

 

PdC: A crise reduziu os investimentos dos clientes? Em que proporção?
Hirsch: Os usuários finais são sempre cautelosos quando o assunto é investimento em soluções tecnológicas e isso provavelmente nunca irá mudar. Se o revendedor conseguir efetivamente traçar o retorno do investimento, comunicar o valor e os benefícios que estas soluções podem trazer para o cliente, ele irá ajudar a diminuir esta preocupação.

 

PdC: Como os fabricantes estão lidando com a crise?
Hirsch:
Nossos parceiros fabricantes continuam a criar produtos e soluções que podem ajudar os usuários finais a melhorar a produtividade. Nosso trabalho é envolver essas soluções com serviços e suporte de valor agregado para que os revendedores tenham a garantia de que eles têm não só uma solução total para vender, mas também o apoio técnico, suporte de vendas, treinamento e marketing que vem com ela.

 

PdC: Recentemente, a Scansource promoveu o Circuito Regional. Quais foram os objetivos da empresa? Quais foram os resultados?
Hirsch:
Estes eventos regionais permitem que a Scansource, fornecedores e revendedores tenham uma discussão aberta sobre o mercado, lançamento de produtos, oportunidades de vendas, tendências de mercado e atual cenário econômico no Brasil. Os eventos são uma maneira maravilhosa para compartilharmos conhecimento com os nossos parceiros e, ao mesmo tempo, ouvi-los em primeira mão.

 

 

Fonte: http://www.portaldocanal.com/noticias/NTY0Nw==,AUTOMATIZAR+E+O+CAMINHO+PARA+A+OTIMIZACAO.htm

 

Deixe uma resposta